«Somos chamados ao trabalho desde a nossa criação. Ajudar "pessoas em situação de pobreza" em dinheiro, deve ser sempre um remédio provisório. O verdadeiro objectivo deveria ser sempre consentir-lhes uma vida digna através do trabalho» Laudato Si: página 88.

sábado, 31 de março de 2018

Fundador dos Irmãos de S.Vicente de Paulo

Jean-Léon Le Prevost nasceu em Caudebec-en-Caux na Normandie no dia 10 de agosto de 1803.
Com a ajuda de Clément Myionnet e Maurice Maignen, fundo o Instituto dos Irmãos de São Vicente de Paulo no dia 3 de março de 1845.
Morreu em Chaville perto de Paris no dia 30 de outubro de 1874.
Foi declarado Venerável pelo Papa João Paulo II no dia 21 de dezembro de 1998.

“É a caridade que suscita tudo ao redor de nós; é ela que desperta as almas, as impulsiona e as unifica. É ela também que nos leva e nos envolve na sua ação. A caridade não fraqueja e não fica no meio da jornada. Uma vez acesa, é preciso que se espalhe, brilhe e leve longe seu calor. Tudo também lhe serve de alimento. Não tenhamos medo, portanto, queridos amigos, não olhemos demais à nossa indignidade, que nos freia frequentemente e nos torna tímidos. A caridade, como a chama, consome e purifica; por ela seremos penetrados, vivificados, por ela seremos transfigurados. Oh! que esse pensamento nos anime e nos console. É a caridade que nos impulsiona e nos pressiona, somos movidos por ela; por ela tão ardente, tão poderosa; por ela, que é força, vontade, amor, amor infinito, amor de Deus!” Carta 177 – 26 de agosto de 1847


Sem comentários:

Enviar um comentário