"Eu gostaria de abraçar o mundo inteiro em uma rede de caridade"
António Frederico Ozanam

domingo, 11 de dezembro de 2016

São Cirilo uma comunidade de inserção

Ultimamente tenho escrito alguma coisa sobre a exclusão dos pobres de rua e dos desprotegidos da sociedade sem crer, encontrei uma comunidade para mim desconhecida o "Centro Comunitário São Cirilo-Porto", que de certa forma vai respondendo às minhas criticas que tenho lançado sobre outros responsáveis do seu desinteresse em abrir portas de certos monumentos fechados e no que diz respeito à falta de apoios.
Depois de falarmos sobre, do Albergue do Porto que recolhe pessoas com comida, roupa e cama lavada, existe a Centro São Cirilo no Porto, existe esta comunidade de inserção.

O Centro São Cirilo é uma comunidade de inserção criada pelos jesuítas no Porto que acolhe e (re)capacita pessoas e famílias estrangeiras e nacionais a passar por fase temporária de fragilidade social (pessoas despejadas das suas casas, em-abrigo que querem sair da rua e encontra trabalho, estrangeiros que perdem o emprego e sem retaguarda familiar de suporte, etc)
Desde a abertura oficial, a 4 de Janeiro de 2010, o Centro já . . . 

  • ajudou 5283 pessoas de 107 nacionalidades, sendo 2956 estrangeiras e 2327 nacionais;
  • conseguiu 234 colocações em emprego.*

Sem comentários:

Enviar um comentário