«Somos chamados ao trabalho desde a nossa criação. Ajudar "pessoas em situação de pobreza" em dinheiro, deve ser sempre um remédio provisório. O verdadeiro objectivo deveria ser sempre consentir-lhes uma vida digna através do trabalho» Laudato Si: página 88.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Último fôlego no Réveillon 2017 na Entrada Novo Ano Vicentino!


No virar do último dia do ano no calendário Gregoriano (adotado pelo Papa Gregório XIII a 24 de fevereiro 1582), pela bula Inter-gravíssimas, veio substituir o calendário Juliano implementado por Júlio César em 46 a.C., vamos celebrar a que chamamos o “Réveillon”, no verbo significa “despertar”, queria convidar-vos a fazer uma retrospetiva do ano 2017 que passou e que pode ajudar-nos fazer uma reflexão mais séria, para o nosso “despertar” às ações vicentinas de um novo ano agora que se inicia.
Analisemos o Ano 2017:
«Ser Líder» - Como analisamos a nossa capacidade de liderar um grupo de confrades/vicentinos, na Regra é-nos pedidos no Compromisso exemplos; dedicação, saber ouvir, aconselhamento, dar respostas. O que nos anima a colocar sempre dois passos à frente do grupo de vicentinos de distância que lideramos? Daremos esse testemunho de ação vicentina de sermos os primeiros ao serviço como servos!...
«Reuniões» - Como analisamos, as reuniões de Conferência será que somos assíduos e que participamos ativamente disponibilizando-nos ao “Sim” ou colocamos o nosso “Não” a tudo que nos é solicitado, qual a importância dada neste sentido!...
«Carisma» - Faz sentido, na nossa Missão junto dos nossos melhores-amigos chamamos à nossa sede por sistema e/ou vamos fazer a nossa visita domiciliaria, que importância tem para o vicentino a forma que S. Vicente de Paulo e Frederico Ozanam nos deixou como um dos principios do vicentino!...
«Evangelizar» - Que modo nos apressamos aperfeiçoar a nossa Fé, quando nos é facilitado anunciar e deixar a nossa marca de Cristãos, convidando os nossos-amigos a assistirem à Eucaristia, dizendo que está lá, a presença de Jesus. Não será talvez a forma mais fácil de manifestação de fé que temos com eles deixar um convite!...
«Nossa Voz» -  Como participamos nos encontros programados dos conselhos com a nossa opinião e sentido critico, denunciando no necessário, colaborando também com a entidades do estado; (JF, CM, SCML-P, Cáritas) e também com a Igreja, porque temos demasiado receios expor as necessidades no sentido que os mais idosos continuam a não ter um lar onde passar os seus tempos, que (só Deus sabe por quanto tempo), analisando com todos incluindo a igreja, que ainda existem muitos imoveis disponíveis poderem ser utilizados!...
Será que o nosso silêncio é mais forte que a nossa palavra, será que a nossa palavra é menos forte por quem não tem voz! Será que nos sentimos comprometidos?...

«Dar e Receber» - Por fim partilhando algumas frases deixadas do Presidente C. G. I., o confrade Renato Lima, na sua visita a Portugal, deixou-nos alguns pedidos e recomendações por sua natureza nos pode ajudar nesta reflexão de fim ano, na primeira reunião de conferência. 


Pedidos:

1 – Rezem bastante pela canonização de Ozanam e integrantes da direção do CGI;
2 – Mantenham a unidade dentro da SSVP; e
3 – Sejam sempre muito generosos nas coletas, doações, apelos e campanhas desenvolvidas pelos Conselhos.

Recomendações: 

1 – Tenham uma vida espiritual plena, com a participação da Santa Missa e sacramentos;
2 – Participem ativamente dos eventos vicentinos, promovidas pelas Conferências e pelos Conselhos;
3 – Abram espaços para os jovens e convidem-nos a entrar “numa altura que saem do ensino da catequese e sem grupos onde participar”, demonstrando compromisso com a renovação;
4 – Sigam fielmente a Regra da SSVP, mesmo com todas as imperfeições nela contidas;
5 – Evitem conflitos, vaidade e intrigas, pois esses afastam-nos de Deus;
6 – Defendam os valores da família e do Evangelho, especialmente no momento da visita domiciliária; e
7 – Foquem as vossas energias no que realmente interessa: a promoção dos mais necessitados e a nossa santificação pessoas



BOM ANO NOVO-2018

Fernando Teixeira








dois mil e dezassete 

1 comentário: