"Eu gostaria de abraçar o mundo inteiro em uma rede de caridade"
António Frederico Ozanam

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Frederico Ozanam e a Doutrina Social da Igreja


 A nove (9) de Setembro 2014 a Sociedade de São Vicente de Paulo lembra o falecimento do nosso fundador e reconhecidamente o Precursor das conferências e da DSI- Doutrina Social da Igreja no que diz respeito pela defesa do trabalhador descriminado e quando se fala de doutrina social a sociedade e toda a família vicentina tem obrigação de lembrar nas suas conferência esta data quem foi Frederico Ozanam, ele que não foi da classe trabalhadora mas defendeu os trabalhadores nas suas sensibilidades da defesa à dignidade do trabalho.
Existe vários textos escritos da mais diversas da sociedade geral sobre o trabalho. Lembra-se aqui o trabalho extraordinário da Juventude Operária Católica prestou em anos passados, em grupo de igreja, nas paróquias e continua a dar o melhor de si, mas não menos importante foi a publicação em 1891 a Encíclica, Rerum Novarum" de Leão XIII e o exemplo dado pelo nosso fundador.
Frederico Ozanam pertencendo a uma classe burguesa em 1848 não deixou de escrever a seguinte carta:

"Devemos trabalhar em favor das classes operárias, amontoadas em grandes cidades, pisoteadas por um egoísmo que os despreza, Pobres que vivem à margem de uma sociedade que se auto-proclama livre e igual"

Hoje vivemos momentos difíceis para todos nós, sem excepção. Será oportuno lembrar que caberá ao vicentinos, a todos nós cristãos, não só estar atentos aos momentos mas ao modo como a sociedade se vai transformando. Devemos estar atentos e não aceitarmos, (não com agressões) mas com as nossas formas mais eficazes que acharmos por bem às descriminações no emprego, ao incentivo por parte de alguns empresários forçar os trabalhadores a demitirem-se para não terem de pagar indemnizações, à falta de emprego (porque trabalhadores existe), aos impostos que nos querem impor, à falta de humanismo como tratam os doentes, os mais pobres.

Comemoramos a morte de Frederico Ozanam no dia 09 de Setembro que a igreja manifesta teologicamente a momento de Aleluia, porque nasce de novo, convida-nos como intenção missionária o SERVIÇO AOS POBRES - os cristãos inspirados na Palavra de Deus, se comprometam com o serviço aos pobres e aos doentes.

Já dizia Aristóteles, Todas as pessoas humanas tem direito a serem felizes.
Com os teus irmãos mais necessitados pensa assim: A moeda da esmola deve ser como o sol - que alumia e desaparece. 

«Frederico Ozanam dizia assim: Vamos aos Pobres - Não fazeis como nós, fazeis melhor que nós»

Aproveitemos o aniversário de Frederico Ozanam para assumirmos o propósitos de conhecermos um pouco melhor a DOUTRINA SOCIAL DA IGREJA. 




Sem comentários:

Enviar um comentário